quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Titulo: Guerra Civil
Autor: Stuart Moore
Editora: Novo século
Ano: 2015

         Até que ponto consegues suportar um desastre tremendo e ser culpado por algo que não cometeste? 
        A trama dessa obra passa-se em território americano, a nação dos heróis, que por um momento tornaram-se vilões por um desastre causado por vilões. Após a tragédia durante as gravações de um filme, a S.H.I.E.L.D. juntamente com o governo dos Estados Unidos, firmaram um novo projeto, o de registrar os heróis e tê-los como soldados, os quais teriam direitos trabalhistas, inclusive um salário. Em meio a tragédia, Tony Stark, conhecido como Homem de Ferro, ao saber da morte do Deus Thor, que era a cabeça dos vingadores, se desesperou e vendo que não possuía tanta força assim, integrou o Homem Aranha à equipe e aceitou submeter-se às exigências impostas pelo governo, tudo isso sem o consentimento do grande patriota Steve Rogers, o tão querido Capitão América, que não aceitara o registro e, assim, toda classe dos super heróis e dos super vilões sofreram uma trinca. O objetivo dos aliados ao governo, o team Homem de Ferro e a S.H.I.E.L.D., era capturar e eliminar todos os que resistiram a nova lei, submetendo-se às exigências ou sendo detidos em lugares apropriados para os super dotados. Então, daí surge o grande embate entre Homem de ferro, banhado de toda tecnologia e dos mais inteligentes super heróis, tais como quarteto fantástico, contra a grande resistência governada pelo patriota Capitão América.
        Dentro deste romance encontramos várias questões de comoção e reflexão sobre a importância da população para os super Heróis e o preço de cada escolha feita.
         Mas me respondam: de que lado você está?


Por, Eduardo Vicente

0 comentários:

Postar um comentário